Competir bem sempre nos traz uma satisfação pessoal, você vê que toda a dedicação está

dando resultado, fica animado a dar continuidade aos treinos, o que eventualmente lhe

levará ao seu potencial máximo como atleta, pois para chegar até lá, são preciso anos e

anos de treinos consistentes, e frequentes competições. Ao mesmo tempo, quando uma

competição não sai como planejado, existe um sentimento de frustração, você fica sem

entender porque a prova perfeita não saiu, principalmente se a dedicação esteve presente

nos treinos.

 

O que vários atletas não sabem, é que no triathlon, cada prova traz consigo diversos

aspectos com características que são seletivas para que tipo de atleta irá ter uma boa

performance ali ou não. Alguns exemplos típicos são a altimetria do percurso de ciclismo,

que gera uma vantagem para os atletas com uma maior proporção de peso:força (ou seja,

atletas leves e relativamente fortes) e para aqueles atletas com habilidades de descida

extremamente desenvolvidas. Um atleta que tem essas duas combinações, irá levar muita

vantagem sobre um atleta com características de provas planas e com menos experiência

no ciclismo, em casos extremos como um percurso de ciclismo do Ironman da França, essa

diferença pode variar de 20 a 40 minutos, apenas por esses dois fatores, considerando que

a forma física dos atletas é idêntica.

 

Utilizando esses mesmos dois atletas como exemplo, e mudando o percurso para um relevo

predominantemente plano, sem poucas exigências técnicas (como o ciclismo do Ironman

Brasil), é bem provável que o atleta mais pesado consiga um melhor desempenho, pois em

uma posição aerodinâmica, a maior parte da massa muscular do atleta não fica exposta ao

vento, sendo assim o arrasto aerodinamico do atleta pesado é muito pouco acima do atleta

mais leve, mas a diferença em potência gerada por ambos é muito grande, com uma

vantagem significativa para o atleta mais pesado.

 

Mas o que isso tem haver com uma estratégia para definir suas provas no calendário anual?

 

Escolha como provas alvo para seu ano, aquelas provas em que suas características físicas

são melhor utilizadas. Considere fatores wetsuit liberado na natação, natação no mar ou

lagoa, vento no ciclismo, altimetria no ciclismo, vácuo liberado ou não, temperatura, e claro

distância da prova. Assim que você traçar o calendário que melhor enquadra em suas

características, está na hora de fazer o contrário, levantar provas que são aquelas em que

você NÃO tem a menor aptidão ou talento, exatamente para lhe tirar de sua zona de

conforto, e lhe forçar a trabalhar esses pontos fracos, para no caso de provas importantes

em percursos mistos, ou até mesmo se um dia participar de uma prova grande em um

percurso pouco favorável (como em campeonatos mundiais de curta distancia que tem o

local alternado anualmente), você ter um mínimo de experiência naquele tipo de terreno

para minimizar as perdas em relação a outros atletas.

 

Essa abordagem também vale para os treinos. É um dos importantes fatores de se

trabalhar com um treinador, alguém que consegue identificar o que é melhor para você,

pois atletas que são auto-ditadas, geralmente preferem treinar aquilo que gostam, e não

que precisam.

 

É muito comum ouvir relatos de atletas que acham ter um rendimento melhor em treinos

longos e com baixa intensidade, do que treinos curtos de alta intensidade, os

famosos “tiros”, e sempre ao ouvir isso, pergunto a esses mesmo atletas com que

frequencia eles treinam tiros, a resposta é “quase nunca”, pois todos os treinos são feitos

de maneira lenta, e contínua. A boa notícia é que fica fácil identificar um ponto em que esse

 

atleta tem muito espaço para melhorar.

 

Pense nisso na próxima vez em que você se sentir pouco habilidos para participar de uma

prova de ciclismo, ou sendo um atleta de provas curtas, participe de um meio ironman, e

vice versa, atletas de ironman geralmente evitam provas curtas a todo preço, mas elas

somente irão desenvolver habilidades e capacidades físicas que irão lhe gerar benefícios em

sua prova principal.

 

Bons treinos!
Vinicius Santana

Treine com a ironguides!

Treinamento Online Personalizado: A partir de R$225/mês

Planilhas Mensais (todos niveis ou com foco em uma modalidade): Somente R$49/mes

Planilhas por eventos:

Distancia Short (R$75 para 8 semanas de treinos)

Distancia Olimpica (R$100 para 12 semanas de treinos)

Meio Ironman (R$145 para 16 semanas de treinos)

Ironman (R$225 por 20 semanas de treinos)

Planilha X-Terra (R$100 para 12 semanas de treinos)

Planilhas de Corrida (10k, 21k e 42k – a partir de R$75)

ironguides oferece soluções esportivas para atletas e praticantes de atividade física de todos os níveis, com treinamento online ou presencial, planilhas específicas por eventos, training camps, curso para treinadores, programas de incentivo a promoção da saúde em empresas, e produtos para a saúde e o bem-estar que propiciam um estilo de vida saudável a nossos atletas

Compartilhe esse conteúdo em sua rede social
Facebooktwittermail
Siga a ironguides
Facebooktwitteryoutube
X

Forgot Password?

Join Us

Password Reset
Please enter your e-mail address. You will receive a new password via e-mail.