No dia 11 de outubro, tive o prazer de assistir um de meus atletas no pódio do campeonato mundial de Ironman, em Kona no Havaí. O artigo a seguir conta um pouco de como um planejamento com seu treinador, pode realizar seus sonhos. Luiz Topan foi o 4º colocado na categoria 40-44 com um tempo de 9h27 (53`45 natação / 5h08 ciclismo / 3h20 corrida)

Histórico pessoal e esportivo:

Luiz é advogado, e apesar de seu horário de trabalho ser flexível, a soma seminal fica em torno das 30 horas trabalhadas. Casado com três filhas adolescentes, é comum em sua rotina acordar as quarto da manhã, buscar uma das filhas em uma festinha já com a roupa de ciclismo, e sair para treinar imediatamente após, voltando pra casa ainda a tempo de tomar café da manhã com a família.

Apesar de ter sido nadador competitivo em sua adolescência, o que definitivamente ajuda com sua atual estratégia de prova, Topan nunca mais participou de nenhum esporte competitivo até em 2003, quando começou com o Triathlon após sua carreira de sucesso como escalador de alta montanha, atividade que segundo ele o ensinou a lidar com logística e planejamento, e é motivo de ironia quando comparado com o triathlon “não tem posto de hidratação na alta montanha, se você errar ou quebrar, você morre!”, Topan ainda é o atual recordista do Aconcágua.

Provas preparativas:

Agendei duas provas importantes como preparação. A primeira foi o campeonato brasileiro em Belo Horizonte. Apesar de ser uma prova com vácuo, as instruções eram clara, fazer um contra-relógio no ciclismo. Apenas um atleta de sua largada conseguiu o acompanhar, e Topan venceu com facilidade sua categoria. O objetivo dessa prova foi se acostumar a ser mais agressivo no ciclismo, pois o Luiz com freqüência se poupa demais nessa parte do triathlon, e em Kona não existe espaço para um pedal conservador, portanto depois do brasileiro, sua confiança estava mais alta.

A segunda prova foi o Meio Ironman de Ubatuba, subidas no ciclismo, natação no mar, ventos e calor, condições similares as do Havaí. As instruções foram às mesmas, fazer um ciclismo forte, além de buscar chegar entre os cinco primeiros colocados no geral. Luiz chegou em 6º, a poucos minutos de triatletas nacionais consagrados, e venceu outros atletas profissionais.

Natacao com wetsuit requer treinos especiais

Como Ubatuba seria a última competição antes do Havaí, o objetivo de buscar o Top 5 no geral foi de mudar os parâmetros de competição, pois sabíamos que estando entre os melhores profissionais do Brasil, seria possível competir em igualdade com os melhores amadores do mundo.

Kona 2007

È muito difícil se ter sucesso na primeira vez no Ironman do Havaí. A grande maioria dos atletas já se sentem realizados apenas de estar lá curtindo a experiência, e terminar a prova, pouco importa o tempo final, e quando se trata do mundial, existem tantos fatores que podem tirar energia de um atleta seja nos treinos preparativos ou na semana da prova, que objetivos ousados devem ser guardados para a segunda ou terceira prova na ilha, pois a primeira vez é uma questão de aprendizagem, reconhecer o percurso, aprender a melhor logística na semana da prova que inclui hotéis, transporte, alimentação, para então voltar lá com um plano em mente.

Foi isso que o Topan fez. Em 2009 ele não repetiu os mesmo erros de sua primeira aparição em 2007, seu vôo foi cuidadosamente agendado para um dia apropriado, a localização do hotel bem escolhida, escolheu um local na largada que lhe permitisse uma natação limpa e com espaço, e até mesmo detalhes como o funcionamento do special needs bag ou confiança em gel distribuído no percurso, já eram conhecidos.

Treinos para Kona 2009:

Os treinos específicos começaram em Julho, já tínhamos desenvolvidos a força e velocidade necessário para aquele bloco de treino, portanto a maioria das sessões trabalhavam aspectos específicos da prova em Kona. Era preciso ter certeza que a natação seria rápida, parte da estratégia, portanto o objetivo na água era largar forte para nadar com o grupo da frente, e os treinos foram focados nisso, além de considerar que não era permitido o uso da roupa de neoprene, o que influencia sobre quais ferramentas para treino de braço eram utilizados nos treinos (palmar, pulbóia e tornozelos amarrados).

No ciclismo, endurance não era um fator limitante, pois devido a compromissos familiares e profissionais, vários de seus treinos eram realizados no rolo indoor, portanto sempre que na rua, o objetivo era trabalhar força e qualidade em percursos ondulados.

Prova classificatória:

Escolhemos o Ironman do Arizona como prova classificatória. O principal motivo seria já garantir a vaga 11 meses antes do Havaí, o que gera uma tranqüilidade para trabalhar cada estágio do treinamento. Topan também é um pouco frágil quando se trata de lesões, portanto uma classificatória apenas alguns meses antes do Ironman, seria muito arriscado, pois treinar para dois ironmans em tão pouco espaço de tempo, em alto nível, não e todo corpo e cabeça que agüenta.

Apesar de minha instrução para o Arizona ser bem simples, apenas conquistar a vaga e usar uma estratégia conservadora para tal objetivo, o Topan ainda conseguiu ganhar a categoria com o tempo de 9h11

wagner-araujo47

Próximos Objetivos:

Considerando a idade de 43 anos, e que todos os 3 atletas que chegaram em sua frente são mais novos com 40 anos, o próximo passo é planejar uma forte prova no Havaí apenas em 2011, quando Topan sobe para a categoria M45-49, e será o mais novo daquele age group. E quando se passa dos 40, cada ano faz uma boa diferença em termos de recuperação de treinos e provas, força, velocidade, lesões e balanço hormonal, e tudo isso é importante ser considerado quando se compete em um alto nível como é o campeonato mundial no Havaí.

Portanto se você competir em Kona na M45-49, você está avisado!

Treine com a ironguides!

Treinamento Online Personalizado: A partir de R$595/mês

Programas Mensais (todos niveis ou com foco em uma modalidade): A partir de R$49/mês

Programas por eventos:

Distancia Short (R$149 para 8 semanas de treinos)

Distancia Olimpica (R$200 para 12 semanas de treinos)

Meio Ironman (R$290 para 16 semanas de treinos)

Ironman (R$450 por 20 semanas de treinos)

Planilha X-Terra (R$200 para 12 semanas de treinos)

Programas de Corrida (10k, 21k e 42k – a partir de R$170)

ironguides oferece soluções esportivas para atletas e praticantes de atividade física de todos os níveis, com treinamento online ou presencial, planilhas específicas por eventos, training camps, curso para treinadores, programas de incentivo a promoção da saúde em empresas, e produtos para a saúde e o bem-estar que propiciam um estilo de vida saudável a nossos atletas

Vinicius Santana, Coach ironguides

X

Forgot Password?

Join Us